Geral

Femina

 

A voz sussura

O corpo apita

A pele sua

A coxa abre

O pulmão suspira

O ouvido escuta

A tua voz

Que reivindica

O corpo que molha

A língua seca

O olho fecha

A boca aberta

A pélvis solta

O ar que entra apressado

nas narinas escancaradas

O dente morde o lábio

O peito sobe

O tórax murcha

A mão abocanha o lençol

O umbigo desce

O calor derrete

A púbis enaltece

A tua presença

Que arranha o lugar

Onde não deveria estar

A espinha arrepia

Palpitação irradia

O desassossego do tempo

Os pés apertam a agonia

A vontade cresce

O desejo aparece

A hora atrasa

O trabalho chama

O juízo desce

O lamento acontece

A promessa repete

A despedida entristece

A esperança padece

Do dia que virá.

Imagem: Gustav Klimt. Goldfish, 1902.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s